Gastos do Brasil com saúde estão abaixo da média mundial

saude-na-uti-200x150Constatação é de estudo da OMS

Os gastos públicos com a saúde no Brasil não chegam a US$ 466 por cada cidadão por ano, enquanto a média mundial está próxima de 571 dólares. Atualmente, mais da metade das necessidades de saúde de um brasileiro é paga por ele próprio.

A constatação é de um estudo divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no dia 15 de maio, poucos dias antes da Assembleia Mundial da Saúde, realizada em Genebra, na Suíça, da qual participou o ministro Alexandre Padilha.

Nos Estados Unidos, o gasto per capita é de US$ 3,7 mil; na Holanda chega a US$ 4,8 mil e na Noruega alcança os 6,8 mil dólares. No extremo oposto dos investimentos estão Congo, com US$ 4, e Libéria, com 8 dólares por cidadão.

O lado positivo para o Brasil é que os investimentos na área aumentaram quatro vezes na última década. Em 2000, o governo destinava US$ 107  saúde de cada cidadão. Também subiu o percentual do orçamento público investido nessa área. Enquanto em 2000 era de 4,1%, em 2010 passou para 10,7%, mas permaneceu abaixo da média dos paí­ses emergentes – que era de 11,7%.

Outro aspecto favorável é a expectativa de vida, que aumentou em 20 anos no paí­s, segundo o estudo da OMS. No começo dos anos 1990, a população vivia em media 67 anos. Em 2001, alcançou 74 anos de idade, abaixo da média dos paí­ses ricos, que era de 80 anos.

Fonte: www.sbpc.org.br – Agencia Estado, publicado em 29/05/2013

Apesar dos investimentos, a realidade que observamos é trágica e triste. Desrespeito à VIDA, ao ser humano, profissionais sem condições de trabalho fazendo o MÁXIMO para dar o MINIMO de atendimento aos usuários, é o dia-a-dia do nosso sistema de saúde. As noticias mostram o caos, o descaso, o jogo de empurra e “urubus” tirando vantagens da desgraça alheia. Dinheiro não falta, já que bilhões foram destinados a preparar estádios. Falta caridade, solidariedade e coragem em nós, pessoas privilegiadas, de lutar contra o desmazelo com o dinheiro publico e exigir o que diz a Constituição: ” A saúde é direito de todos e dever do Estado.”

Gastos do Brasil com saúde estão abaixo da média mundial
Tagged on:                     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *