Tragédia de Santa Maria

luto_ssm-249x201-249x198As maiores tragédias deste pais até então, não causaram a comoção que sentimos pela tragédia de Santa Maria. Isso porque suas vitimas em sua intensa maioria eram jovens entre 18 e 25 anos. Jovens com sonhos, expectativas e projetos de vida que tiveram sua vida interrompida por erros em “cascata”. O erro final, estopim da tragédia, foi o acender do equipamento pirotécnico. Uma atitude simples poderia ter evitado todo o sofrimento e dor dos sobreviventes, familiares e por que não, dos prováveis causadores da tragédia: o bom senso. Qual a desculpa cabível, para alguém acender um artefato que inflama, num ambiente fechado? Todos temos o livre arbítrio das nossas decisões e das suas consequências.

Esse é o momento para pensar que outras tragédias devem ser evitadas. A população deve exercer mais seus direitos de cidadão e exigir melhor atuação dos órgãos de fiscalização. Está faltando QUALIDADE nas pessoas, e consequentemente, nas instituições. Impera o descaso, a falta de respeito, o “levar vantagem”, o “balão” na fiscalização, a corrupção e nós brasileiros, continuamos “deitados em berço esplêndido”, acordando apenas quando tragédias como esta acontecem. Com a proximidade do Carnaval, nos serve perfeitamente a fantasia dos 3 macaquinhos: não vejo, não ouço, não falo.

Em artigo publicado na Folha de São Paulo de 31/01/2013, o jornalista Clóvis Rossi reproduz trechos da carta enviada pela Dra Luisane Vieira, onde sugere a criação de normas de qualidade e segurança para estabelecimentos onde haja aglomeração de pessoas. Parabéns à Dra Luisane pela iniciativa e me coloco á disposição para colaborar. Vamos torcer que os órgãos públicos e a sociedade levem a sugestão á serio e tomem providencias nesse sentido.

Minha indignação se completa quando ao invés de conclamar profissionais especialistas, órgãos públicos e instituições para trabalhar na busca de medidas preventivas e corretivas para que tragédias como a de Santa Maria sejam evitadas, o Governo Federal comunica a intenção de cobrar dos donos da boate e até dos membros da banda os benefícios pagos às vitimas e seus familiares. Está indicada a prioridade!

Tragédia de Santa Maria
Tagged on:                     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *